GREVE
Mais de 6 mil pacientes deixam de ser atendidos
22/08/2018 - 14:26
Auto: Alan Cosme/Hipernotícias /
Paralisada desde o dia 30 de julho, a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá completa 23 dias de greve. Nesse período todo, o hospital filantrópico que já deixou de atender aproximadamente 6.600 pacientes.
Além dos 300 pacientes diários, o hospital também realizava entre 50 e 60 cirurgias todos os dias, que não estão realizados devido à greve por falta de repasses. A unidade está fechada para novos pacientes, mas segue atendendo os que já se encontravam internados, com todo o suporto garantido.
A Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá tem o déficit financeiro calculado em mais de R$ 20 milhões. Enfermeiros, médicos e funcionários administrativos apoiam a greve.
Os servidores decidiram parar as atividades em protesto pelo constante atraso nos repasses dos recursos para a manutenção da unidade. A falta de recurso impacta também na folha de pagamento dos funcionários, que se queixam pela frequente demora no recebimento. Médicos plantonistas estão sem receber desde maio, como informou Antônio Preza, diretor do hospital.
A direção da Santa Casa ressalta que existem muitas promessas por parte da Prefeitura e do Estado para resolver a situação. De acordo com o hospital filantrópico há cerca de R$ 20 milhões a serem recebidos e a expectativa é que a situação se resolva ainda essa semana, em reunião com o prefeito Emanuel Pinheiro.
FONTE: Hipernotícias
EDIÇÃO: Da Assessoria