Notícias

Instituições médicas da Europa sofrem grande pressão com propagação duradoura de Covid-19

O número de casos confirmados de Covid-19 continua a aumentar nos países europeus. As instituições médicas da região estão sofrendo uma pressão cada vez maior e os governos locais publicaram uma série de medidas de prevenção rigorosas para controlar a epidemia.

A França registrou 38.619 novos casos no dia 8, e o país já tem um total de 1.787.324 casos confirmados de Covid-19. As instituições médicas em muitos lugares do país estão sofrendo grande pressão. Algumas regiões com situações mais graves decidiram até transferir alguns pacientes para outras regiões ou países vizinhos para aliviar a atual crise.

O Ministério da Saúde da Itália informou no dia 8 que o país registrou 32.616 novos casos confirmados de Covid-19. Já é o quinto dia consecutivo que o país notificou mais de 30 mil casos confirmados de Covid-19. Até ao momento, a Itália já registrou um total de 935.104 casos confirmados. Nápoles, a principal cidade no sul do país, informou que quase todos os grandes hospitais da cidade estão em crise devido ao número excessivo de pacientes de Covid-19.

Em Portugal, 121 concelhos em todo o país foram classificados como zonas de risco elevado de contaminação, cobrindo aproximadamente 71% da população de todo o país. Na madrugada do dia 8, o primeiro-ministro português anunciou um toque de recolher nas zonas mais atingidas pela epidemia.


FONTE PORTUGUESE.CRI.CN