Notícias

PE: Médicos do Samu Petrolina iniciam movimento para garantir direitos legais

Profissionais médicos que atendem ao Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) na cidade de Petrolina, no Vale do São Francisco, participaram de Assembleia Geral Extraordinária (AGE), na noite desta terça-feira (08/09). O encontro, realizado por videoconferência, foi comandado pelo vice-presidente do Simepe, Walber Steffano, com a presença do diretor regional da entidade, José Alberto, e os diretores executivos Fernando Junior e Rodrigo Rosas, além do acompanhamento da Defensoria Médica, representada pelo advogado João Moreira Filho.

A categoria reivindica o pagamento dos adicionais noturno e de insalubridade, além de horas extras, que são direitos assegurados em lei, mas que não estão sendo respeitados pela Prefeitura de Petrolina. Além disso, os médicos destacam problemas referentes às condições de trabalho no espaço destinado ao Samu, principalmente envolvendo questões de segurança na unidade e às transferências para outras cidades que são realizadas pela equipe.

Ao final da AGE, ficou acertada a divulgação de uma campanha midiática a série “Herói descartável”, denunciando os as dificuldades apresentados pela categoria. O Sindicato também vai enviar ofício solicitando reunião com a Secretaria Municipal de Saúde, bem como o pedido de fiscalização ao Conselho Regional de Medicina (Cremepe) na unidade.

Fonte: Simepe